Nunca achei piada ao Carnaval e a máscaras porque para mim era sempre uma tortura ter de vestir os fatos nascidos da imaginação doentia da minha mãe (boneca de trapos feita de sacos do lixo, cigana burlesca, princesa com autocolantes cor de rosa na cara, que pareciam varicela, enfim). Mascarei-me até ao 2º ano, desde aí que jurei para nunca mais. Foi do trauma.

Acontece que agora em 2012, pela altura do Halloween, decidi dar uma nova oportunidade a essa coisa dos disfarces (aliás, fui "obrigada" a isso por se tratar de uma praxe temática do meu curso) e confesso que gostei muito, talvez por ser eu a decidir aquilo que iria usar. Fui de gata, nada de especial, mas foi giro e diverti-me. Daí que agora, com o Carnaval a chegar, queira experimentar novamente.

Ando inclinada para fazer uma versão do Alex Delarge da Laranja Mecânica (que é o meu filme favorito) porque acho que é um disfarce giro, fora do comum e tem a grande vantagem de ser possível recriá-lo com coisinhas que praticamente toda a gente tem em casa. Ora vejam lá:

Mary Rebecca


Vocês gostam de se mascarar nestes dias? O que estão a planear fazer este ano? Já agora deixo-vos também uma colagem de algumas ideias de disfarces dos quais gostei, pode servir-vos de inspiração!

1- Gato de Cheshire por Beki Stilborn / 2- Pequena Sereia / 3- Noiva Cadáver por Adriana Lima /
4- Wally por Anya Zhovmiruk / 5- Eduardo Mãos de Tesoura / 6- Pocahontas por Mae Loda-Bride /
7- Chapeleiro Louco por Rita Leavitt / 8- Alex Delarge por Ashley

Usariam algum destes disfarces? Qual é o vosso favorito? :)


Leave a Reply

Aqui são bem vindas todas as pessoas, à partida. Aqui lêem-se todos os comentários e aprecia-se cada um deles, sejam eles elogios fofinhos ou críticas (fundamentadas!). Aqui respondem-se a todas as perguntas diretamente nesta secção de comentários. Aqui são bem vindos os links dos vossos blogs, depois de lerem o meu post.

Esta caixa de comentários é moderada.

Aqui não há lugar para publicidade descarada. Aqui não há lugar para comentários racistas, homofóbicos, sexistas e preconceituosos de uma forma geral. Todas as pessoas que venham para aqui com intenções de me ofender a mim ou a algum dos meus leitores estão amigavelmente convidadas a abandonar este espaço. Aqui não há faltas de respeito.